quinta-feira, 15 de junho de 2017

PABLO ESCOBAR TERIA SE DADO BEM


Assisti ao seriado "Narcos", da Netflix, e vi que a maior frustração do Pablo Escobar foi não conseguir presidir a Colômbia.  Informado de tanto crime ocorrido na política brasileira, deduzi então que o chefe do cartel de Medelín  só não foi presidente da República porque não veio morar no Brasil e se naturalizar.   Se deixava claro, quando queria comprar um político ou autoridade,  que com ele era " o plata, o pomo" (ou dinheiro, ou chumbo), imagine com quanto escárnio e gargalhadas os corruptos daqui responderiam:
-- ?Que es eso, Pablito? Nosotros somos políticos brasileños!
Barão da Mata